Sempre fiz para mim próprio as anilhas de madeira e corda que me seguraram os diferentes lenços de ESCUTEIRO que tive ao pescoço nos últimos 34 ANOS.
Foram surgindo tantos pedidos que resolvi dedicar o meu tempo livre a construir anilhas, essencialmente de cana e madeira, num processo totalmente artesanal e laborioso.

Tradutor

segunda-feira, 16 de abril de 2018

NO MEU LENÇO ... VIVE UM MOCHO!

São muitas as anilhas que eu fiz e faço. Isso é mais que certo. E algumas delas ficam-me gravadas na memória por vários motivos, ou porque são uma novidade (de design) para mim ou porque representam um desafio aliciante, só para dar dois exemplos. Algumas, todavia, têm um factor acrescido a toda esta adrenalina: destinam-se a pessoas especiais!

Esta, por exemplo, destinou-se a uma Lobita do Sul do País, oferecida por uma familiar, ex-escuteira (isso existe?) e tem todos os ingredientes para eu a considerar como uma das melhores que fiz (sem desprimor nenhum para as restantes) até hoje.

Obrigado T. e S. pela partilha da foto - e um grande VIVA para todos os "Mochos", como eu!



933 - MOCHO


933 - MOCHO NO RESPECTIVO LENÇO
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...