Sempre fiz para mim próprio as anilhas de madeira e corda que me seguraram os diferentes lenços de ESCUTEIRO que tive ao pescoço nos últimos 35 ANOS.
Foram surgindo tantos pedidos que resolvi dedicar o meu tempo livre a construir anilhas, essencialmente de cana e madeira, num processo totalmente artesanal e laborioso.

Tradutor

domingo, 22 de abril de 2018

NO MEU LENÇO ... SORRI UMA RAPOSA!

Às vezes acontece ... faço anilhas idênticas a outras que já tinha feito! Confesso que em nada me interessa o trabalho "em série" ... e como é sempre (quase sempre) outro o lenço que vai usar o que eu fiz nascer, faz sentido que a peça seja o mais personalizada possível!

Claro que fica sempre a possibilidade de aproveitar o desenho de base para fazer outra idêntica ... mas há sempre uma que foi a primeira a ser feita. É este o caso. Recentemente, publiquei a anilha 1009 - RAPOSA no grupo do facebook que mantenho e, sem me lembrar mais do caso, de imediato, tive a grata reacção da escuteira "Raposa Sorridente", Dirigente da Região do Porto e proprietária da primeira que fiz do género, sorridente ela mesma e feliz por ter no seu lenço a presença da anilha que lhe tinha feito, a 878 - RAPOSA.

Ficam as fotos desta "primeira" Raposa feita por mim.








Obrigado X. pela autorização para a publicação das fotos. Uma forte e muito amiga CANHOTA. Está perfeitamente visível que a anilha está muito bem entregue a este lenço. Continua a sorrir!




Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...